Local terá obra com verba de R$250 mil vindo do Governo do Estado de São Paulo

Os montealtenses acordaram na manhã de segunda-feira, 20, com uma forte chuva que causou estragos e alagamentos em algumas regiões da cidade. Em termos estruturais, um caso foi relatado e remete a anos anteriores, mais precisamente janeiro de 2016: o rompimento da ponte na estrada municipal que passa na lateral do Campestre Clube e leva para propriedades rurais e chácaras.
Por ser a ligação entre chácaras localizadas atrás do clube de campo, os moradores precisaram utilizar caminhos alternativos – e sempre mais longos -, para chegar e sair de suas residências. Equipes da Prefeitura, Brigada de Incêndio e Defesa Civil estiveram no local para averiguar a situação.
GOVERNO – No final de outubro, Monte Alto assinou um convênio de R$ 250 mil com o Goveno Estadual, por intermédio do Deputado Gondim, para a construção de galerias de águas pluviais na Avenida Ayrton Sena até a referida ponte. “O convênio foi publicado no Diário Oficial do Estado em 2 de dezembro, no valor de R$ 299.174,73, sendo R$49.174,73 como contrapartida municipal. A obra, que compreende 520 metros de rede de galerias de águas pluviais, será divida em dois trechos: (1) Portaria do Campestre Clube até o Córrego do Gamba (represa do Campestre); (2) Rua Hermes Pelloso até o Córrego do Gamba (represa do Camprestre)”, comenta o Secretário de Planejamento, Paulo Carello. “Atualmente, estamos aguardando a aprovação de um Projeto de Lei, na Câmara Municipal, para abertura de Crédito Especial e Suplementar; isso deve acontecer na próxima Sessão Ordinária. Na sequência, abrimos o processo de licitação, que tem prazo estimado de 60 dias, para, então, a execução dos serviços, também com prazo estimado de 60 dias após o início das obras”, finaliza Carello.