Monte Alto é habilitada para receber universidade pública

ETEC Alcides Cestari que servirá de polo para a Universidade

 

No final de agosto, o prefeito João Paulo Rodrigues esteve em Dois Córregos (SP), onde entregou, ao vice-governador e secretário do Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Márcio França, e ao diretor da UNIVESP, Ricardo Bocalon, uma carta solicitando que Monte Alto fosse inserido na UNIVESP – Universidade Virtual do Estado de São Paulo. O trabalho junto ao representante do governo paulista surtiu resultado: Monte Alto foi anunciada como o novo polo da universidade.
Os polos são espaços físicos nos municípios. Eles oferecem a infraestrutura necessária (computadores, impressoras e acesso à internet) para o estudante participar das atividades da universidade como provas, discussões em grupo e dos trabalhos orientados por tutores. Nesses locais, também é possível solicitar serviços de secretaria acadêmica, assim como tirar suas dúvidas sobre o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma digital utilizada pelos estudantes para desenvolver as atividades acadêmicas, que incluem as videoaulas e o acesso ao material didático, bibliografia e sistema para sanar dúvidas com os tutores.
O polo de Monte Alto deve ser instalado no prédio da ETEC “Alcides Cestari”, no Bairro Real Paraíso, e a Prefeitura já está se mobilizando para cumprir com todos os requisitos para a obtenção dos cursos.
João Paulo agradeceu ao deputado estadual Chico Sardelli (PV), responsável pelo encontro com o vice-governador e representantes da universidade. “A vinda da UNIVESP permitirá que os montealtenses façam cursos superiores aqui mesmo, de forma gratuita e com muita qualidade”, explica João Paulo.

HISTÓRICO – Criada em 2012 como Fundação, a UNIVESP é uma instituição de Ensino Superior mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, com credenciamento como universidade pelo Conselho Estadual de Educação e pelo MEC. Cabe a cada município optar entre os sete cursos pela UNIVESP em 2018: Pedagogia, Licenciatura em Matemática, Engenharia de Produção, Engenharia da Computação, Contabilidade, Tecnologia em Gestão Pública e Tecnologia em Jogos Virtuais. Segundo o vice-governador, a UNIVESP pode ser, em dois anos, a maior universidade do Brasil.